O que é o gerenciamento de projetos PMBOK

O que é o gerenciamento de projetos PMBOK

Embora o gerenciamento de projetos PMBOK pretenda abranger os principais aspectos incluídos em um projeto de gestão, não deve ser confundido com uma metodologia. Na verdade, ele é uma padronização usada para identificar e conceituar processos, domínios de conhecimento, ferramentas e tecnologias.

Para saber mais sobre este assunto e explorar todas as vantagens do PMBOK, confira nosso artigo e fique por dentro das últimas novidades!

Por que não é considerada uma metodologia?

Até seja um conceito muito comum, é crucial deixar visível que o PMBOK não é uma metodologia, afinal, ele não fornece métodos diferentes para cada tipo de projeto. Obviamente, gerenciar projetos de construção é completamente diferente de gerenciar projetos de desenvolvimento de software, mas este guia não cobre esses detalhes.

Em vez disso, ele fornece uma visão geral. Isso significa que o PMBOK não inclui recursos de linguagem que são limitados a cada cultura organizacional, nem fornece um modelo de documento exclusivo a ser usado.

Vale ressaltar: o PMBOK é, na verdade, uma coleção de melhores práticas que descrevem o campo do conhecimento em gerenciamento de projetos. No entanto, devido à sua reconhecida importância internacional, eventualmente se tornou um padrão e serviu como fonte de inspiração para a maioria dos métodos existentes.

O que é um projeto conforme o PMBOK?

De maneira geral, o guia conceitua o projeto como trabalho temporário, ou seja, trabalho limitado. Por isso, tem um início e um fim claramente definidos, empenhados em atingir um objetivo exclusivo, nomeadamente um resultado específico que o torna único.

Para entender melhor a importância de um projeto, desde que você entenda que qualquer organização deseja atingir seus objetivos, é necessário um esforço organizado. Por exemplo, isso é eficaz desde a construção de novas fábricas até a expansão das unidades operacionais.

Como o gerenciamento de projetos é conceituado?

Para o PMBOK, gerenciamento de projetos é a aplicação de habilidades, conhecimentos, ferramentas e técnicas em atividades planejadas para atender aos seus requisitos.

Pode ser melhor compreendido através do processo de composição, dividido em cinco grupos:

  1. iniciação;
  2. planejamento;
  3. execução;
  4. monitoramento e controle;
  5. encerramento.

Onde aplicar o PMBOK?

As melhores práticas de gerenciamento de projetos descritas no PMBOK podem ser aplicadas a todos os tipos de projetos, independentemente de seu nicho, escala, pessoas envolvidas, prazos e orçamento.

Quais são os principais benefícios do PMBOK?

Dentre os diversos benefícios que o PMBOK promove na gestão de projetos, podemos destacar os seguintes pontos:

  • Padronização das atividades de gerenciamento de projetos;
  • Melhorar o processo de comunicação entre as partes relevantes;
  • Reduzir a negligência de atividades importantes;
  • Enfatizar o uso eficaz de recursos;
  • Controlar o andamento do projeto;
  • Otimizar o tratamento de riscos;
  • Aumentar as chances de sucesso do projeto.

Na verdade, esses não são os únicos pontos de vista, e outras questões igualmente importantes merecem uma discussão mais aprofundada. Confira outros benefícios do PMBOK que você precisa saber!

Suporte à gestão

Os gerentes de projeto precisam agir de maneira integrada, usando habilidades de comunicação, análise e tomada de decisão. No entanto, realizar esta operação sem posicionamento consumirá recursos desnecessariamente.

O PMBOK pode ajudar porque pode servir como ferramenta de apoio à gestão. Por exemplo, com ele, você pode melhorar o planejamento e a execução de tarefas. Você também pode definir pessoas responsáveis, monitorar o desempenho e garantir uma ação mais organizada.

Mais produtividade

Por envolver um planejamento poderoso, o PMBOK pode ser usado como um roteiro para o gerenciamento de projetos. Assim, você pode entender tudo o que vai (ou deveria) acontecer, incluindo custo, tempo e qualidade.

Tudo isso é necessário para melhorar a capacidade de ser previsível. Seguindo as boas práticas, a demanda e eventos imprevistos podem ser previstos, reduzindo assim o risco de necessidade de mudança de previsão. Isso torna mais fácil prever os resultados potenciais.

Nossa ideia é que, dessa forma, os custos possam ser reduzidos, alcançando um desempenho mais eficiente e viável – até mesmo do ponto de vista econômico.

Entregue na hora certa

O cumprimento do cronograma é uma das questões mais relevantes na gestão de projetos. Um dos benefícios do PMBOK é a melhoria dos recursos de entrega no prazo.

Além de estar relacionado ao planejamento, também está relacionado a todas as outras áreas do conhecimento, como a comunicação e a própria gestão do tempo. Ao criar um cronograma forte e definir prazos para todas as tarefas, você pode reduzir o risco de atrasos ou perdas.

Isso também está relacionado à produtividade. Se o desempenho melhorar a eficiência, as entregas podem ser concluídas com mais facilidade.

Melhore a satisfação do cliente

As partes interessadas também aproveitam os benefícios do PMBOK. Com as melhorias no planejamento e execução do projeto, as partes interessadas têm visto um melhor desempenho, mais em linha com as expectativas.

Os clientes, em particular, se beneficiaram muito nesse aspecto. Afinal, quando os recursos são usados ​​dentro dos limites esperados, a qualidade da entrega melhora.

Tudo isso acaba tornando o projeto mais bem-sucedido, proporcionando maior valor agregado. Como resultado, a satisfação do cliente aumentou e as empresas geralmente são favorecidas por isso. Além de reduzir o risco de ajustes e modificações, essa situação também pode posicionar melhor o negócio em relação aos concorrentes.

Quais são as consequências de não adotar o PMBOK?

De modo geral, o gerenciamento de projetos deve ser realizado de forma estruturada no negócio. Se esse gerenciamento não acontecer dessa forma, a conclusão pode não ser a esperada – ou nem chegar a ser.

No entanto, quando o sistema de conhecimento de gerenciamento de projetos não é usado, existem problemas relacionados. Além da impossibilidade de aproveitar os benefícios do PMBOK, o projeto agora enfrenta mais riscos. Afinal, não usar padrões reconhecidos internacionalmente pode levar a erros ou dificuldades.

Além disso, a castidade se torna maior – e é comum que o orçamento seja excedido. Dependendo da situação, pode até inviabilizar sua realização ou conclusão.

É especialmente importante que a não utilização do PMBOK prejudique a clareza, a comunicação e a documentação de acompanhamento. Portanto, além de afetar o entusiasmo e o desempenho da equipe, o aprendizado obtido na execução também pode ser deixado para trás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *