O caminho para a conquista de territórios ousados e ambiciosos

O caminho para a conquista de territórios ousados e ambiciosos

O caminho para a conquista de territórios ousados e ambiciosos

É comum considerarem-se os Planos de Ordenamento Territorial como meros instrumentos regulamentadores da ocupação do território, em que sua efetiva execução e respectiva monitorização de resultados acaba sendo relegada para segundo plano pelas entidades responsáveis pela sua gestão.

Sem que respeite uma hierarquia entre ações previstas em um plano, sem que se saiba por onde começar, sem que se compreenda quais ações trarão respostas mais positivas para o território e sem que haja a definição de cronograma temporal da sua implementação, os objetivos traçados por um plano acabam por correr o risco de não passar de listas de atividades ou de um “manual de boas intenções”.

É comum enfrentar-se o desafio de colocar em prática a execução de um determinado plano quando este implique a sintonia da atuação de um extenso leque de departamentos (ou setores) que apresentem baixos níveis de proximidade funcional entre si.

Um dos recursos mais caros, o tempo, é significativamente impactado, influenciando negativamente no alcance de diversas ações que dependam do sucesso da implementação de outras ações com que estejam diretamente relacionadas.

A utilização da Plataforma TARGET contribui significativamente para a promoção da sintonia de atuação das diversas partes envolvidas na execução do plano, incrementando a conquista dos resultados programados. Dessa forma, abre-se o caminho para a definição de metas cada vez mais ousadas e ambiciosas.

Compartilhe este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *