A liderança criativa no sucesso da sua estratégia empresarial

O papel da liderança criativa no sucesso da sua estratégia empresarial

O papel da liderança criativa no sucesso da sua estratégia empresarial

Inovação tem sido a palavra-chave para o sucesso da maioria das empresas que se destacam no mercado atual, extremamente competitivo. A questão é que não é possível alcançar inovação se a empresa não for criativa. Esse é o segredo para superar a concorrência e se destacar, tendo vantagem competitiva.

A criatividade pode ser vista atualmente como a principal competência estratégica das organizações de sucesso modernas. Para implementar essa competência em uma empresa, o primeiro passo deve ser investir em uma liderança criativa! Entenda:

Criatividade e estratégia

Essas duas palavras não têm muito valor se vistas de forma separada. Isso pode parecer contraditório, especialmente no mundo dos negócios, pois planejamento estratégico soa como algo metódico e maçante, já inovação criativa sugere uma visão de assumir riscos. Porém, esses dois componentes reunidos podem fazer com que uma empresa se sobressaia e prospere em seu mercado.

Se pensamentos criativos podem ser chamados de boas ideias, a estratégia pode ser considerada a forma de ligar os pontos entre as ideias para que se alcance um objetivo.

A criatividade deve servir para ajudar a estratégia, apontando como ver soluções além das óbvias. As duas coisas se unem quando existe um líder criativo e técnicas e ferramentas orientando seu trabalho.

Liderança criativa no desenvolvimento do negócio

A criatividade está sempre no topo da lista das principais características necessárias para um líder. Dentro de uma empresa, ela serve basicamente para que a liderança consiga apresentar soluções alternativas e saídas inovadoras para os problemas.

A verdade é que um líder criativo precisa de coragem para enfrentar os desafios, mas também de simplicidade para enxergar soluções fáceis de serem executadas.

Se as velhas maneiras de fazer as coisas se tornaram obsoletas, o líder que possui essa competência estratégica consegue inovar e seguir a velocidade com que novas tendências surgem no mercado.

É papel da liderança atrelar a criatividade às estratégias da empresa para alcançar os resultados planejados e, para isso, é necessário prestar atenção às ideias da equipe, já que uma ideia pode incentivar outras.

Estímulo e incentivo

Infelizmente, muitas organizações não dão espaço para que seus colaboradores sejam verdadeiramente criativos. É essencial que os membros de uma equipe sejam encorajados a questionar, experimentar e usar sua imaginação.

A criatividade não é simplesmente uma função de algumas mentes privilegiadas, mas uma habilidade que pode ser desenvolvida e um processo que pode ser gerenciado. Existem comportamentos que otimizam o cérebro para a inovação, e esses devem ser estimulados.

Quando a organização abre as portas para uma cultura de criatividade, a equipe fica mais inclinada a compartilhar suas ideias inovadoras. A melhor forma de incentivar a criatividade dentro da empresa é juntando pessoas, criando espaço para interação e mudando o foco da instrução para a inspiração.

Criatividade e ação

É importante ressaltar que a criatividade por si só não é suficiente e só vale a pena se o resultado for uma ação. A ideia precisa ser implementada, seja através de novos produtos ou serviços, seja na forma de gestão da empresa.

A criatividade deve servir como base para que se preveja o tempo e os recursos necessários para que uma grande ideia seja executada. Se a ação não acontecer, a organização perde os benefícios da inovação e, mais do que isso, os funcionários podem desistir de oferecer suas ideias criativas.

O resultado de uma liderança criativa pode afetar todos os setores da empresa e trazer soluções para os problemas nas áreas de marketing, vendas, relações públicas e recursos humanos. Além disso, pode fazer com que a organização cresça em market share e atue diferentemente da concorrência, o que certamente trará lucros.

Tem algo a acrescentar sobre o assunto ou uma experiência para contar? Compartilhe no espaço para comentários!

Compartilhe este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *